slideslide
Compartilhando conquistas e resultados
LURE,
|

Estratégias para manter a saúde mental na quarentena

A meditação contribui com a saúde mental e é recomendado pela OMS, como prevenção de doenças e benefícios comprovados no controle de sintomas de ansiedade e depressão.

Por que praticar a meditação?


 Se você está em casa devido a quarentena causada pela pandemia do Covid-19, talvez esteja passando por momentos de estresses e/ou tristezas. Uma das maneiras de reduzir os efeitos do isolamento social é por meio da meditação. 
 Ela contribui para com a saúde mental e é recomendado pela OMS (Organização Mundial de Saúde) como meio de prevenção de doenças, além de ter benefícios comprovados no controle dos sintomas de ansiedade e depressão. 

 

Como praticar?

 

1. Sente-se confortavelmente com a postura ereta;
2. Coloque as mãos abertas sobre as pernas;
3. Com olhos fechados, tente esvaziar a mente;
4. Concentre-se apenas no ato de expirar e inspirar; Mantenha a respiração devagar e profunda;
5. Preste atenção se seus ombros ou mãos estão tensionados e relaxe;
6. No final da meditação, abra os olhos devagar e permaneça sentado por alguns minutos;
7. Levante-se devagar;
8. Sorria e viva intensamente.

 

 

 O ideal é manter uma rotina de meditação com média de 20 minutos  diários. Pode ser difícil “desligar-se” no início, especialmente se houver muito barulho ao redor. Independente das suas condições, é importante que você vá no seu tempo e que respeite as suas limitações.
 Lembre-se de que existem outras maneiras de aliviar os efeitos do isolamento e que cada pessoa pode se beneficiar de atividades diferentes. Conecte-se consigo mesmo e encontre a melhor forma de enfrentar esse período difícil.

 

 

Letícia Pereira
 
 
 
Tecnologia do Google TradutorTradutor